O Mercado Financeiro e os Fundos para Investimentos

“A taxa de juros que temos no mercado é muito elevada e é um excelente negócio para o investidor individual. Com essa taxa, o investidor tem uma ótima oportunidade de conseguir bons rendimentos no médio prazo, mesmo sem riscos”, afirma Márcio Cardoso, sócio-diretor da Easynvest.

A taxa básica de juros é usada como referência para os investimentos de renda fixa, portanto, quando a taxa sobe ou se mantém em patamares elevados - como é o caso agora, que a Selic está nos 14,25% ao ano - a régua também sobe para os rendimentos de diversas aplicações de renda fixa.

Tesouro DiretoOs investimentos de renda fixa são aqueles que já têm sua forma de remuneração definida no momento da aplicação. Diferentemente dos investimentos de renda variável, como as ações, o investidor consegue prever de que forma seu dinheiro será remunerado.

Por essa razão é possível dizer que quem tem recursos disponíveis para investir hoje pode surfar em um mar perfeito em termos de risco e retorno, já que os juros estão altos e isso beneficia as aplicações de renda fixa, que são mais seguras.

"Com juros nessa altura, investir na poupança não faz nenhum sentido. Quem faz isso está muito mal informado", diz Arnaldo Curvello, diretor da Ativa Wealth Management.

Por mais prática que a poupança seja, atualmente seu rendimento é de apenas 8,07% ao ano (remuneração da caderneta nos últimos 12 meses), bem abaixo dos juros de 14,25% ao ano, que balizam os investimentos de renda fixa do mercado.

Dentre as aplicações financeiras que acompanham os juros, algumas são indexadas à taxa Selic, portanto seu rendimento bruto (sem descontar eventuais taxas e o Imposto de Renda) ao final do prazo é exatamente igual à variação da Selic.

Já outras são indexadas à taxa DI, que á taxa média dos juros praticados nos Certificado de Depósito Interbancário (CDIs) transacionados entre bancos. Ela também é usada como referência para o rendimento dos investimentos de renda fixa (veja mais detalhes sobre a taxa DI) e seu comportamento é muito parecido com o da taxa Selic.

Veja aqui alguns dos principais investimentos que acompanham as flutuações dos juros hoje. Confira como funcionam suas formas de remuneração e seus riscos e veja em seguida como escolher qual deles é melhor para você.

Fonte: Exame - http://goo.gl/L42SVO

Analytics