O prêmio Top of Mind

FG Empreendimentos vence Top of Mind pelo quinto ano consecutivo.

A FG Empreendimentos foi eleita mais uma vez como a marca mais lembrada por executivos de Santa Catarina no segmento construtora de imóveis. O prêmio Top of Mind valoriza e reconhece empresas, organizações e pessoas que se destacam por ações empreendedoras e visão diferenciada nas áreas de marketing e negócios. O Diretor Comercial da FG, Altevir Baron, recebeu o prêmio na cerimônia que ocorreu na noite da última quinta-feira (02/06/16), em Florianópolis.

Esta é mais uma importante conquista para celebrar as boas perspectivas da companhia a curto e médio prazo. Após registrar o lucro líquido recorde de sua história em 2015, dados comprovados através do balanço auditado pela Ernst & Young, o ritmo em busca de bons resultados permanece como uma das principais metas da empresa.

A prova disso é que a companhia ocupa a 39ª posição, com 16 obras e mais de 400 mil metros quadrados em construção, de acordo com o Ranking ITC e está entre as cinco melhores empresas do setor de Construção Imobiliária de capital fechado do país na categoria “Sustentabilidade Financeira”, segundo o Ranking As Melhores da Dinheiro.

O diretor presidente do Grupo FG, Jean Carlos Graciola, comenta este cenário otimista, reforça o posicionamento adotado pelo grupo e revela os desafios para os próximos anos.

Top executivo

Como alcançaram esses resultados?

Jean Carlos Graciola – A FG Empreendimentos é uma empresa que tem como valores a transparência, a inovação, o compromisso com o cliente, a valorização pessoal e a responsabilidade social e ambiental. Baseada nestes princípios e focada no mercado de luxo, a FG alcançou o maior lucro líquido de sua história em 2015 e um crescimento de 39% nas vendas contratadas em relação ao ano anterior. O balanço, auditado pela Ernst & Young (EY), uma das maiores auditorias do mundo, aponta ainda que a companhia encerrou o ano com R$ 1,4 bilhão em estoque disponível à venda, composto por 68% de obras em construção, 26% de lançamentos e 6% de estoque pronto, além de um land bank de 1,7 milhão de metros quadrados, que possibilitam um VGV líquido estimado acima de R$ 8,5 bilhões. Isso comprova as boas perspectivas de negócios e chancela o processo de Governança Corporativa do Grupo FG.

Quais são as expectativas da empresa?

Jean Carlos Graciola – Começamos 2016 registrando bons resultados e com expectativas otimistas. Em abril, entregamos o Edifício Alameda Jardins e até março de 2017 serão entregues mais cinco empreendimentos. São mais de 550 unidades de apartamentos, totalizando 103,6 mil metros quadrados de área construída, entregues em um período de um ano. O modelo de negócio adotado pela FG Empreendimentos e a consistência operacional demonstram a capacidade e a eficiência necessárias para garantir os resultados. Esse conjunto de fatores reforça a aposta da companhia de continuar um crescimento sólido e sustentável para os próximos anos.

Tira FG[4]

Como vencer obstáculos em meio à crise econômica?

Jean Carlos Graciola – Assim como outros setores da economia, a construção civil também sentiu os impactos da recessão, exigindo ainda mais criatividade para se sobressair no mercado. Fizemos o dever de casa, cortamos os custos que não eram relevantes e direcionamos todos os investimentos nas obras em andamento. Nosso orçamento de 2015 e agora de 2016 é focado na velocidade de produção e entrega de nossos produtos. Também temos que considerar que o mercado de luxo funciona de uma forma diferente, principalmente aqui na nossa região, pois vendemos imóveis para clientes de todo o Brasil e do exterior. Em relação ao poder de compra do consumidor AA e AB, podemos dizer que esse cliente sofreu menos com a crise, mas não quer arriscar. Outro ponto relevante é que o imóvel é uma moeda forte e um excelente investimento. Se você compra de uma empresa sólida, com números positivos como os da FG, aliado à uma região maravilhosa como a nossa, o risco é zero se comparado a outros investimentos. Diante disso, estamos otimistas com os futuros resultados.

Qual a tendência da FG para os próximos anos?

Jean Carlos Graciola – A tendência é apostar na inovação e permanecer com investimentos em tecnologia e capacitação de equipe, oferecendo ao mercado novas ideias e conceitos que atendam às expectativas do consumidor.

O que significa para a empresa vencer o Top of Mind?

Jean Carlos Graciola – Ser reconhecida pelo quinto ano reitera nosso compromisso de gestão responsável e transparente, com capacidade para se adequar aos diferentes cenários macroeconômicos, sempre com foco na sustentabilidade financeira da empresa, na qualidade dos nossos produtos, e na rentabilidade para os nossos clientes, gerando valor para acionistas e investidores, clientes, colaboradores e fornecedores.

Investimento em Imóveis de Alto Padrão informe-se aqui: https://goo.gl/2PDQXH

Fonte: Oficina das palavras

Analytics