Iniciativa Iluminada

Vale a pena compartilhar iniciativas assim, principalmente em meio a tantos conflitos…

16/08/2013 - 08h51

Brasileiro ilumina o mundo sem gastar dinheiro

Há personagens que só viram celebridade nacional quando fazem sucesso no estrangeiro.

É o caso do mecânico mineiro Alfredo Moser: ele inventou um jeito de as pessoas terem luz em casa sem precisar gastar nada.

Como a invenção está se espalhando pelo mundo (e sem direito a royalties), ajudando milhões de pessoas em comunidades pobres, ele foi comparado, nesta semana, pela BBC, a Thomas Edson.

Para ter a luz, bastam duas coisas: uma garrafa de água, dessas que se encontram no lixo, e duas colheres de cloro. Só isso.

E assim nasce uma lâmpada com custo zero.

Alfredo Moser entra na galeria mundial dos inventores de tecnologias sociais. É gente que ensina a fazer muito com pouco. Ou, nesse caso, quase nada.

Veja aqui o vídeo sobre como fazer essa lâmpada.

Por falar em invenções, criaram um jeito de o cigarro ajudar o meio ambiente. Não acredita?

Um designer criou a bituca biodegradável com sementes. Ou seja, a bituca se transforma numa planta.

Veja mais detalhes aqui.

Gilberto Dimenstein

Gilberto Dimenstein ganhou os principais prêmios destinados a jornalistas e escritores. Integra uma incubadora de projetos de Harvard (Advanced Leadership Initiative). Desenvolve o Catraca Livre, eleito o melhor blog de cidadania em língua portuguesa pela Deutsche Welle. É morador da Vila Madalena.

Analytics